1. Início
    2. Blog
  1. Blog

Agricultura

Terraceamento Agrícola: Finalidade, Tipos E Benefícios

23.08.2021
agricultura de terraceamento como prática agrícola

O cultivo em terraço é uma solução eficiente e muitas vezes a única solução para fazendas em montanha. No entanto, suas vantagens são múltiplas. A importância do terraceamento agrícola vai muito além do cultivo de terras que, de outra forma, não são adequadas para a agricultura. Além disso, o plantio em terraceamento evita a erosão do solo e contribui para sua conservação. Hoje em dia, o método permite o cultivo de safras versáteis e seu gerenciamento fica mais confortável com softwares agrícolas online.

O Que É Terraceamento?

O terraceamento na agricultura é uma prática agrícola que serve para reorganizar as fazendas ou transformar as colinas em fazendas por meio da construção de plataformas com sulcos específicos. Essas plataformas são chamadas de terraços.

A característica essencial (e distintiva) do conceito de terraceamento é a escavação e movimentação da camada superficial do sulco para formar áreas cultivadas e cordilheiras. O truque é que a água vai descendo às plataformas inferiores quando as superiores estão cheias. Assim, a quantidade de água é distribuída de maneira mais ou menos uniforme, não apenas no sopé do morro.

Por que o terraceamento é necessário? Normalmente, o objetivo da agricultura em terraço é diminuir o escoamento de água e evitar a erosão do solo. No entanto, seu uso na montanha não é a única opção. Em oposição às plataformas graduadas em forma de degraus, existem plataformas niveladas ligeiramente em encostas suaves ou terrenos irregulares, o que mostra que o terraceamento se aplica a diferentes elevações no campo.

Tipos De Terraceamento De Acordo Com A Capacidade De Retenção De Água

Normalmente, o objetivo do terraceamento em encostas é diminuir os fluxos de água e evitar a erosão do solo. No entanto, usá-lo nas montanhas não é a única opção. Oposto às plataformas graduadas em forma de degraus, existem plataformas relativamente niveladas em encostas suaves ou terrenos ondulados, o que mostra que o sistema de terraceamento se aplica a diferentes elevações de campo. De fato, é uma das práticas mecânicas de conservação do solo.

Terraços De Nível (Armazenamento)

Estes terraços de nível são feitos com uma ligeira inclinação ou declive no lado mais íngreme da rampa. Armazenam o excesso de água e permitem que drene lentamente da área protegida através de uma ou duas extremidades abertas para canais de drenagem com vegetação, são conhecidos como terraços de armazenamento comum. O terraceamento de armazenamento é indicado para solos com permeabilidade moderada a baixa, o que dificulta a penetração das águas de chuva na intensidade desejada.

Terraços Em Desnível (Drenagem)

Trata-se de terraços em desnível feitos sobre socalcos delimitados por níveis e com bordos fechados, cuja função é reter o escoamento e permitir a retenção e infiltração da água. Esses terraços são próprios para solos com boa permeabilidade.

Terraço Misto

Essa é a construção de terraços em nível por canal com ligeira inclinação e um superficial acúmulo de escoamento. Uma vez que este volume de armazenamento de terraços de drenagem esteja ultrapassado, ele passa a funcionar como um terraceamento em gradiente.

Tipos De Terraceamento Segundo O Grau Da Inclinação

As áreas cultivadas em terraços agrícolas são niveladas ou inclinadas, dependendo das propriedades de infiltração do solo. Se a infiltração do solo for suficiente, eles são nivelados. Normalmente, as tomadas também não são necessárias.

Os tipos de terraços mais populares na agricultura são a base larga, a base estreita e a encosta gramada. A escolha depende de quão íngreme é a colina. Correspondentemente, nem todos os tipos implicam o cultivo de todos os laterais do terraço.

Terraceamento De Base Larga

A técnica de cultivo é adequada para as colinas mais suaves e o cultivo em terraços de base larga abrange todas as encostas. Por esse motivo, eles devem atender às necessidades de maquinário, e o espaçamento do terraço é normalmente igual ao número de faixas de maquinário. É proibido cruzar os cumes – o equipamento deve se mover entre os terraços por meio de passagens designadas. A construção de terraços de base larga é aplicável em declives de até 8%.

terraço relvado em declive

Agricultura De Terraceamento Com Relva Na Encosta

O tipo de cultivo é um exemplo de terraceamento perene. Como o nome sugere, a cobertura da encosta traseira é uma grama perene. Nas técnicas de terraceamento deste tipo, a encosta posterior não é cultivada, ao contrário da parte principal. Normalmente, a parte principal inclui o solo retirado da descida para cima, com posterior nivelamento para cultivo.

Terraceamento De Base Estreita

Um terraço deste tipo é outro exemplo de terraceamento estável, mas, neste caso, a vegetação permanente cobre a parte frontal e posterior. Essas partes não são cultivadas. Como acontece com a encosta gramada, a terra geralmente é movida para baixo. No entanto, os terraços de base estreita apresentam o tipo de terraço mais íngreme, exigindo menos quantidade de terra para as plataformas do que outros.

O alinhamento do terraço depende da inclinação e do tipo de solo. Em particular, a construção de terraços de base estreita não é recomendável quando os terrenos são propensos a deslizamentos.

Sistemas De Cultivo Por Meio De Terraceamento

Os sistemas agrícolas de terraceamento comumente usados ​​são bancada, contorno e terraços paralelos. Seus nomes dão uma ideia de seu layout.

O Terraceamento Em Bancada

A técnica de terraceamento em bancada assemelha-se a uma estrutura de bancos ou degraus na encosta, com plataformas agrícolas planas ou quase planas dispostas em intervalos regulares. Esse arranjo regular consome mão de obra e sugere uma perturbação intensiva do solo. As encostas podem ser terra propriamente dita, podem ser cobertas por vegetação perene ou fortificadas com pedras.

Os terraços de bancada na agricultura são mais comuns para o cultivo de arroz em terraços, pois permitem a retenção de água. Por este motivo, o terraceamento não é adequado em casos como:

  • as safras são sensíveis ao alagamento, por exemplo, batatas;
  • terrenos propensos a deslizamentos;
  • chuvas frequentes no padrão climático da área.
terraceamento de contorno

Terraceamento De Contorno

Na agricultura de terraceamento de contorno, esses sistemas de terraceamento seguem o contorno do relevo. Os terraços consistem em filas de pontas e cursos de água relvados. Embora essas plataformas exijam menos insumos para serem organizadas, são difíceis para as atividades agrícolas devido às irregularidades de espaço.

Terraceamento Paralelo

As plataformas paralelas são as mais fáceis para as atividades agrícolas, por isso devem ser mantidas o mais paralelas possível. Caso a inclinação não o permita, são construídas por meio de operações de nivelamento de terrenos. Facilita o movimento da maquinaria, embora consuma mão-de-obra, custo e tempo. A este respeito, às vezes fará sentido não tratar essas partes, mas deixá-las sob uma cobertura perene ou como canais de relva.

EOS Crop Monitoring

Administre seus campos com imagens de satélite de alta resolução para a detecção mais precisa e rápida das alterações!

Benefícios Da Agricultura Em Terraço

Os benefícios do terraceamento foram notados pelos antigos incas, que desenvolveram o método de cultivo de terraceamento nos Andes. Hoje, o terraceamento é típico de arrozais montanhosos na Ásia. No entanto, as vantagens do terraceamento tornam-no uma experiência benéfica para qualquer terreno montanhoso, tanto arrozais como terras áridas, com várias culturas para cultivar.

Então, por que a finalidade do terraceamento é tão importante em áreas montanhosas? Os benefícios do terraceamento são bastante numerosos, o que prova a sua importância para o homem e a natureza. Em particular, agricultura de terraceamento:

  • Aumenta a capacidade de cultivo e a produtividade da terra em campos inclinados.
  • Contribui para a conservação da água: desacelera e reduz o escoamento de água, melhora o aproveitamento da água da chuva.
  • Previne a erosão do solo diminuindo as formações de sulcos.
  • Aumenta a conservação do solo.
  • Reduz a sedimentação e a poluição da água. A água permanece o tempo suficiente para que as partículas pesadas se assentem e evitem a sedimentação a jusante e a poluição dos corpos d’água, mas curta o suficiente para não prejudicar as plantações.
  • Aumenta a produção de alimentos ajustando terras montanhosas para a agricultura.
  • Aumenta a diversidade do ecossistema.

No entanto, também existem desvantagens relativas à agricultura em terraço. Assim, certos desafios do terraceamento incluem:

  • maquinaria específica para nivelar o solo;
  • muita mão de obra e insumos bastante caros;
  • remoção de terra que requer tratamento adicional;
  • contratação de pessoal treinado para construir terraços;
  • teste preliminar de solo (solos escorregadios não são adequados).

Qual É O Objetivo Da Agricultura De Terraceamento?

Todas as técnicas de terraceamento permitem que os agricultores retenham ou removam a água e reduzam a inclinação do morro. Na verdade, o objetivo da agricultura em terraço é interceptar a água em um canal designado e removê-la por meio de valas resistentes à erosão construídas ou saídas de tubos subterrâneos. Isso prova a eficiência do terraceamento para impedir a erosão e contribuir para a conservação do solo.

De Que Modo A Técnica De Terraceamento Contribui Para A Conservação Do Solo?

Os terraços ajudam a reter a cobertura do solo e a fertilidade, uma vez que os fluxos de água não lavam a camada superficial do solo e os nutrientes.

Então, Quais São As Técnicas De Conservação Do Solo Por Meio De Terraceamento?

  • O declive não é mais tão íngreme como era inicialmente.
  • O escoamento da água é mais lento devido às áreas niveladas.
  • Correntes de água não fluem na superfície da terra como costumam fazer em terrenos montanhosos. A água é coletada em canais ou corre sob a superfície por meio de saídas e tubos.

O terraceamento é uma prática eficiente de conservação do solo. No entanto, requer inspeção e manutenção regulares ao mesmo tempo. Assim, em uma agricultura em terraço eficiente, é essencial verificar os sulcos e a cobertura de grama, melhorando quando necessário. Outra questão da prática de terraceamento é a sedimentação de canais, que se resolve com a limpeza e o plantio de faixas de proteção. Além disso, as saídas e tubos devem estar limpos e livres de resíduos de vegetação e partículas que possam bloqueá-los.

prevenção da erosão do solo com agricultura de terraceamento

Como A Erosão Pode Ser Evitada Com O Terraceamento?

Uma vez que a água desce através de saídas designadas, o terraceamento evita a formação de sulcos que corroem o solo. Por que usa-se o terraceamento para controle de erosão? Na verdade, os terraços quebram a encosta, dividindo uma grande encosta em várias menores, tornando-a menos íngreme, e a força da água devido à gravitação é menos destrutiva.

No entanto, esta não é a única forma de terraceamento para evitar a erosão do solo. Além disso, a vegetação nas encostas frontais e traseiras atenua o risco de destruição pela água e pelo vento.

Se um agricultor vê sinais visíveis de erosão ou diminui a produção estação a estação, e a elevação do campo é irregular (inclinada), vale a pena optar pelo terraceamento e a erosão vai diminuir, aumentando a produtividade do solo. Com o Crop Monitoring, os agricultores podem obter dados sobre a elevação do campo e como a produtividade do campo mudou ao longo do tempo. Mostra a tendência de como a vegetação estava se desenvolvendo ao longo de um período selecionado. Com esta informação, um agricultor pode decidir sobre as zonas de produtividade do campo e tratar cada zona de forma diferente (dependendo das necessidades).

o mapa de elevação de um campo de aveia por Crop Monitoring
O mapa de elevação de um campo de aveia por Crop Monitoring.
o mapa de produtividade de um campo de aveia por Crop Monitoring
O mapa de produtividade de um campo de aveia por Crop Monitoring.

Na verdade, a funcionalidade do Crop Monitoring é bastante abrangente, portanto, após implementar um sistema de terraceamento, o plataforma ajudará a monitorar o estado dos cultivos analisando os dados de umidade do solo, os índices de vegetação, as previsões do tempo, os históricos e muito mais.

Cultivos De Terra Por Meio De Terraceamento

A escolha das espécies para cultivo depende de sua produtividade nas terras altas e da sensibilidade ao alagamento, uma vez que os terraços tendem a acumular umidade. Por exemplo, o arroz cresce em arrozais, mas sua produtividade cai em altitudes superiores a 375 m.

No entanto, as culturas agrícolas plantadas em terraceamento em nível são bastante diversificadas. Estes são grãos, legumes, ervas medicinais e culinárias, bagas, nozes, frutas, vegetais, etc. Em particular, exemplos de culturas comuns cultivadas em terraço incluem:

  • trigo,
  • trigo sarraceno,
  • milho,
  • arroz,
  • painço,
  • açafrão,
  • cominho preto,
  • pulsos,
  • maçãs, etc.
o cultivo sustentável de trigo nos terraços

Terraceamento No Brasil

Um dos principais problemas das terras agrícolas brasileiras é a erosão, especificamente a erosão hídrica. O Brasil é especializado em agricultura orgânica e sustentável, então a adoção da agricultura de terraceamento no Brasil pode beneficiar as terras onde o cultivo é complicado. Ainda assim, o método é usado junto com outras práticas de proteção do solo para fornecer bons resultados.

Essa abordagem com terraceamento em cafeicultura de montanha pode beneficiar as plantações de café nas regiões montanhosas do Brasil.

Por exemplo, falando do terraceamento no cultivo de café nas propriedades localizadas em áreas montanhosas, a colheita do café foi feita manualmente, o que alargava todo o processo a vários meses de lavoura.

Um dos maiores desafios no cultivo do café na montanha é a mão-de-obra, que representa mais de 50% do custo de produção. O terraceamento de café permite a mecanização parcial ou total do cultivo e do processo da safra, finalizando a colheita antes e reduzindo o pessoal envolvido.

Com a mudança possível por meio de terraceamento em cafezais, alguns fazendeiros conseguiram reduzir o custo do trabalho na fazenda em um terço.

O terraceamento na cafeicultura reduz o declive das faixas do cafezal em áreas em desnível e torna mais fácil o acesso no campo para máquinas e pessoas. Também o terraceamento de café de montanha evita a erosão e permite um uso mais eficiente da água.

É Sustentável O Terraceamento?

A prevenção ou redução da erosão do solo, bem como a conservação do solo por meio de terraceamento, permitem utilizar as terras agrícolas em socalcos a longo prazo. Ele atesta o papel essencial do terraceamento na agricultura sustentável.

Embora o sistema de terraceamento exija certos esforços, as vantagens desta prática são muito promissoras. O plantio em terraceamento torna-se mais fácil de implementar com monitoramento por satélite e ferramentas agrícolas online. O Crop Monitoring pode se tornar um assistente de cultivo confiável nesse aspecto, junto com muitos outros recursos deste produto. Se você tiver alguma dúvida sobre nosso produto, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco através do e-mail: sales@eosda.com, e nossa equipe de especialistas irá ajudá-lo.