12/29/2020

Teste De Solo: Como Manter A Saúde Dos Campos

A produtividade dos sistemas agrícolas estão baseados em quatro pilares: clima, cultivos, técnicas de cultivo e solo. Desde o ponto de vista agrícola, o solo é mais que um suporte e uma reserva de água e nutrientes para as plantas, portanto, precisa ser monitorado através de teste de solo. É um sistema vivo com interações complexas entre minerais, organismos vivos, água, plantas e ar. Por isso, um solo saudável é fundamental para proporcionar uma produtividade agrícola e serviços ecosistémicos de maneira sustentável. O teste de solo representa uma ferramenta eficaz para controlar sua saúde e assim obter uma maior produtividade agrícola. O teste de solo pode ser levado a cabo pelos laboratórios mas também no Crop Monitoring, poupando assim tempo e dinheiro.

A Importância Do Teste De Solo

O solo é um complexo sistema de interações de processos químicos, biológicos e físicos. Estas interações devem estar equilibradas a fim de crescer e obter grandes produções de plantas cultiváveis.

A produtividade agrícola e o rendimento das culturas depende enormemente dos conteúdos nutricionais dele. Uma nutrição mineral lógica e bem informada é a base das grandes produções. Geralmente, os agricultores determinam a necessidade de fertilizantes visualmente. Este método não é, sem dúvida, o mais confiável já que os sinais externos podem ser confusos, e inclusive um experto experiente pode cometer erros facilmente. A falta ou excesso de um dos elementos necessários pode bloquear o fluxo de outros elementos vitais.

Quando houver uma falta de nutrição mineral nele, o custo de produção aumenta significativamente, enquanto o rendimento e a rentabilidade da empresa diminui. Alguns tipos de plantas são muito sensíveis às condições meteorológicas duras. Se adicionarmos uma pobre qualidade, escassa absorção de elementos minerais, salinidade e seu esgotamento, podemos obter um arsenal de enfermidades, cuja luta pode até não trazer resultados positivos. A melhor aproximação é evitar ou, ao menos, minimizar os possíveis custos. Para este efeito, um teste de solo é utilizado.

Métodos Do Teste De Solo

O teste de solo incluem estudos das seguintes características:

  • Fertilidade (parâmetros agroquímicos, fisicoquímicso, físicos e biológicos)
  • Contaminação com patógenos (nematóides, fungos, bactérias, vírus)
  • Contaminação (resíduos de pesticidas, metais pesados, radionuclídeos, contaminantes orgánicos)

O tipo de teste de solo depende do resultado esperado. Cada teste é levado em consideração a fim de identificar certos parâmetros que possam afetar negativamente ou positivamente o crescimento das plantas.

  • Análise mecânica. Este tipo de pesquisa é chamado às vezes de análise do tamanho de partícula porque está baseado no cálculo de partículas mecânicas (grânulos) coletadas e sua distribuição em grupos segundo o diâmetro e peso. Devido a isso, você poderá descobrir o conteúdo de barro e areia, assim como a que tipo de solo pertence.
  • Análise química. Este teste reflete o conteúdo de vários elementos e pode mostrar a riqueza de nutrientes. Revela a capacidade de absorção, a presença de metais pesados, o nível de acidez e a necessidade do uso de fertilizante(s). Os métodos podem ser diferentes: fotométrico, cromatográfico, gravimétrico, entre outros.

Os seguintes dados são pertencentes à estrutura de uma análise química:

  • Concentrações de metais pesados: exemplo: chumbo, cádmio, zinco, cobre, níquel, arsênico ou mercúrio.
  • Conteúdo de benzopirenos e produtos de petróleo
  • Nível de pH
  • Indicador de poluição total

Baseado num teste químico e numa comparação dos dados com as máximas concentrações permissíveis (MPC) para cada indicador, uma conclusão é desenhada no grau de poluição química do solo (limpo, permisible, moderadamente perigoso, perigoso, extremamente perigoso).

Análise Agroquímica

Este teste serve para determinar o nível de concentração de vários químicos que podem afetar os cultivos, plantas de jardim ou o status da saúde dos animais da quinta.

Análise Mineralógico

Graças a ela, você pode obter dados do conteúdo de minerais primários e secundários, o que constitui a maioria da Terra (90-97%).

Análise Toxicológico

Este teste é usado para detectar o conteúdo de substâncias prejudiciais como por exemplo arsênico, chumbo, mercúrio, produtos petrolíferos.

Estudios Microbiológicos

Este tipo de teste é capaz de mostrar o número de microorganismos que vivem no solo: bactéria, fungo, algas, protozoários. Depois de determinada sua densidade por gramo de solo seco, podemos determinar a atividade biológica e seus conteúdos e a presença de microorganismos patógenos que podem causar enfermidades nas plantas.

A plataforma de monitoramento de campos, aproveitando imagens de satélite de alta resolução para identificar e reagir remotamente a quaisquer alterações!

Nível De pH Do Solo

A medida do pH do solo, da água e das soluções nutritivas para a hidroponia é um dos aspectos de jardinagem e crescimento das plantas bem-sucedidas. O crescimento saudável das plantas depende da própria síntese do meio ambiente ideal. O equilíbrio do pH do solo ou da água contribui com o desenvolvimento correspondente das plantas, um baixo nível de pH leva a enfermidades ou inclusive a morte.

O pH é o potencial do hidrogênio, que é determinado pela relação quantitativa de H+ e OH- na água e reflete o grau de acidez ou alcalinidade do meio ambiente. A escala de pH varia de 0 até 14. Altos níveis de pH indicam que o solo é alcalino, enquanto baixos níveis indicam acidez dele. O 7.0 é considerado o parâmetro pH neutro.

Às vezes, o pH do solo pode ser definido por sua cor. Um solo com um matiz verde é típico do alcalino, enquanto o matiz amarelo ou laranja é geralmente dos mais ácidos. Porém, a cor só mostra os valores de pH aproximados. O pH mais preciso pode ser medido com um metro de pH, um dispositivo especificamente desenhado para o teste de solo.

Maneiras De Modificar O pH Do Solo

O pH determina o grau de absorção de nutrientes pela planta. De fato, é o pH o que afeta principalmente as propriedades agroquímicas dos solos e, portanto, influencia os processos de crescimento e desenvolvimento das plantas que crescem lá. O desvio do valor ótimo de pH em qualquer direção é prejudicial para as plantas. É claro que os solos ácidos são mais perigosos do que os alcalinos. Porém, os solos alcalinos fortes não contribuem com o normal desenvolvimento e produtividade da maioria dos cultivos.

Para conseguir um rendimento forte, é necessário modificar o pH até um neutro. Agricultores e jardineiros chamam este processo de desoxidação. Para tanto, você pode usar cal, calcário, freixo ou farinha de dolomita. As plantas verdes de adubo podem também agir como bons desoxigenantes. Você pode usar lupino, alfalfa, facélia, aveia, centeio ou legumes.

A manutenção do pH ótimo não é só poupar no uso de fertilizantes, mas também aumentar a produtividade agrícola.

Momento E Frequência Do Teste De Solo

É possível levar a cabo uma amostragem do solo em qualquer momento do ano já que os solos esgotados, secos ou gelados não afetam o resultado final da análise. Em geral, é recomendável realizar o teste de solo depois do processo de semeadura mesmo. Neste caso, você será capaz de aplicar otimamente os fertilizantes que são necessários, obtendo uma maior produção. Não é recomendável tomar amostras imediatamente depois da aplicação dos fertilizantes ou outros processos químicos. Depois de aplicar estes procedimentos, o teste tem que ser levado a cabo depois de um ou dois meses.

Com qual frequência deve-se fazer um teste de solo? Os processos químicos estão em curso. É aconselhável realizar um teste agroquímico em todos os tipos de terra agrícola anualmente. Além disso, o teste completo é o mais preciso depois da colheita com testes de controle na primavera.

Laboratórios De Teste De Solo

Nesta indústria global competitiva, é importante ter dados precisos e específicos para segurar as condições ótimas do crescimento dos cultivos enquanto minimiza o impacto ambiental e os custos agrícolas. A avaliação mais objetiva da textura e fertilidade do solo pode ser obtida só pelos testes profissionais regulares. Este teste deve ser realizado a cada 3-5 anos para dar uma imagem global da sua fertilidade.

A escolha do laboratório para o teste deve ser baseada em seus equipamentos e na variedade de reagentes, assim como na disponibilidade de especialistas qualificados. O laboratório deve ter tudo o necessário para a análise que você precisar. Por exemplo, as análises químicas, radiológicas e microbiológicas são obrigatórias para o teste de solo de jardim. Por outro lado, na construção, este teste deve incluir um relatório toxicológico.

Você pode pedir o teste a um laboratório local assim como a um internacional. Hoje em dia, há uma ampla seleção de instalações disponíveis. A única vantagem dos laboratórios locais é que seus especialistas têm um conhecimento preciso dos solos locais.

Se você estiver nos EUA, você pode achar rapidamente um laboratório de testes em cada estado.

Os clientes europeus também têm uma ampla seleção de laboratórios de testes de solo.

Teste De Solo Com Crop Monitoring

Crop Monitoring oferece uma oportunidade para determinar a condição do campo com a ajuda do “Zoning”. Esta ferramenta identifica remotamente e destaca as áreas problemáticas. Permite-lhe realizar testes do solo nas áreas necessárias mesmo, deste modo, poderá poupar significativamente tempo e dinheiro na inspecção do campo todo.

ferramenta de zoneamento do aplicativo Crop Monitoring

ARTIGOS RELACIONADOS

CONTATE-NOS

Se você está interessado em cooperação, por favor complete e formulário e nós iremos entrar em contato com você em breve

    Caracteres restantes (1024 max.): 1024
    *campos obrigatórios